PRF inicia Operação Corpus Christi nas rodovias federais de todo o país

O inspetor alerta ainda para a previsão de chuvas neste período, devendo o condutor verificar as condições dos pneus, parte elétrica, faróis e limpadores de pára-brisas
O inspetor alerta ainda para a previsão de chuvas neste período, devendo o condutor verificar as condições dos pneus, parte elétrica, faróis e limpadores de pára-brisas

Os policiais atuarão em operações de fiscalização de velocidade (radar); operações de fiscalização de embriaguez (etilômetro)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia nesta quarta-feira, 14, a Operação Corpus Christi que segue até meia-noite de domingo, 18, intensificando o policiamento e a fiscalização nas rodovias federais.

De acordo com o inspetor da PRF, Marcus Vinicius Rodrigues, a PRF vai promover esforço concentrado no policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência de mortes e feridos, e de criminalidade, de acordo com as estatísticas garantindo aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez do trânsito.

Para isso os policiais atuarão em operações de fiscalização de velocidade (radar); operações de fiscalização de embriaguez (etilômetro); operações de fiscalização a ultrapassagens forçadas ou proibidas e nas operações de fiscalização de motocicletas (intensificar a fiscalização em motos).

O inspetor alerta ainda para a previsão de chuvas neste período, devendo o condutor verificar  as condições dos pneus, parte elétrica, faróis e limpadores de pára-brisas. “Recomendamos que, com tempo chuvoso, dirija com a  metade da velocidade permitida no local, evitando freadas bruscas e aquaplanagem. Antes de pegar a estrada, o condutor deve verificar os documentos pessoais e do veículo e somente ultrapasse nos locais permitidos, com segurança e visibilidade. Não excedam a velocidade permitida no local e se for beber não dirijam”, alertou Marcus Vinicius Rodrigues. 

Álcool e direção, diga não

A mistura álcool e direção é uma das maiores causas de acidentes de trânsito com vítimas gravemente feridas. As equipes da PRF que atuarão durante todo o feriado estarão equipadas com etilômetros, equipamentos utilizados para medir a concentração de álcool no organismo através da análise do ar expelido pelos pulmões. Após captar o ar alveolar, o etilômetro executa um processo eletroquímico que possibilita a leitura da quantidade de álcool no organismo do condutor. Caso o valor apontado pelo equipamento, descontada a margem de erro de 0,04 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar), esteja entre 0,01 a 0,29mg/L, fica caracterizada a infração de trânsito, punida com multa de R$1.915,40, suspensão do direito de dirigir por 12 meses e o veículo somente estará liberado após a apresentação de outro condutor devidamente habilitado e que prove estar sóbrio para conduzi-lo.Se o teste apontar um resultado de 0,30 mg/L ou mais, além da infração o condutor também comete o crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro, com pena que pode chegar a três anos de detenção.

Caso o condutor se recuse a submeter-se ao teste, ele será multado em R$1.915,40, terá seu direito de dirigir suspenso e precisará providenciar outro condutor para conduzir seu veículo. E se tiver visíveis sinais e sintomas de embriaguez, será preso e encaminhado para polícia judiciária.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: