Segurança

Itabuna na rota do tráfico: Polícia az apreensão milionária de drogas

O material apreendido foi apresentado no plantão da Polícia Civil
O material apreendido foi apresentado no plantão da Polícia Civil

Em menos de 48 horas as polícias Civil e Militar apreenderam grande quantidade de cocaína e maconha.

Esta semana em Itabuna teve grande apreensão de drogas onde as  polícias Civil  e Militar, em ações distintas, apreenderam  mais de 80 quilos de entorpecentes. A última ocorreu na noite deterça-feira (30), em duas diligências diferentes e, no total, apreenderam aproximadamente 30 quilos de maconha. A droga foi apreendida em duas situações diferentes, realizadas pela mesma guarnição, em Itabuna.

Na primeira diligência, a Cipe Cacaueira prendeu Etoni Reis de Almeida, 20 anos. O acusado de tráfico estava em um quarto de hotel no Centro Comercial de Itabuna. Com ele, os policiais encontraram 10 quilos de maconha, divididos em 10 tabletes, escondidos em uma mala, onde também havia pó de café, com o objetivo de disfarçar o cheiro da droga.

Em uma segunda ação, no condomínio Jubiabá, em Ferradas, Fábio Alves dos Santos, 25 anos, foi preso após ser flagrado pela polícia com 22 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 20 quilos. O material estava dentro de um saco de alinhagem.

Na manhã de segunda-feira (29), a Polícia Civil já havia apreendido um carregamento de 55 quilos de cocaína. A droga veio de Rondônia para Itabuna. A droga estava escondida em comaprtimentos de ferro escondidos em meio a uma carga de ferro velho. O motorista que conduzia a carga, identificado como Ariones José Pinto, de 53 anos, afirmou que recebeu R$ 8 mil reais para transportar a carga, a qual ele afirmou  desconhecer a origem. Disse apenas que um homem de prenome Marcelo o contratou para trazer a carga para Itabuna.  O caminhoneiro e o mecânico foram conduzidos para a delegacia, onde prestaram depoimento. Eles  foram ouvidos e liberados, segundo a polícia.

O coordenador da 6ª Coorpin, delegado  André Aragão informou que as investigações continuam, tendo como alvo a prisão dos traficantes responsáveis pela droga. “Existe uma rede de distribuição de drogas. Já temos uma linha de investigação. Precisamos comprovar isso e representar pela prisão preventiva dos acusados”, disse Aragão. A identidade de um dos suspeitos já foi descoberta e está sendo mantida em sigilo para não atrapalhar o andamento do caso. O traficante em questão, chamado no meio policial como “tiro surdo” (quando nunca foi pego) seria do bairro de Fátima e está foragido.

Ainda de acordo com o delegado, um dos planos dos traficantes seria misturar a pasta base de cocaína até triplicar a quantidade, dobrando a fortuna para até R$ 2 milhões. “Essa operação foi um baque muito grande para a sociedade criminosa”, comemorou o coordenador da Polícia Civil.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: